segunda-feira, 8 de outubro de 2018

COMO FUNCIONA A ADVOCACIA IMOBILIÁRIA?





A advocacia imobiliária abarca um direito enorme, do tamanho do seu setor, é sem dúvida uma área, onde os advogados precisam ter muito networking, ou seja, a capacidade de estabelecer uma rede de contatos ou conexão com os profissionais do setor, tais como: empresários, compradores, vendedores, locadores, locatários, corretores de imóveis e agentes financeiros. Precisam conhecer muito bem Direito Civil, porém ramificando para Direito do Consumidor, Empresarial, Administrativo, Tributário, Ambiental e etc.

Em primeiro lugar vamos conceituar o que é Direito Imobiliário? É o ramo do direito privado que destina-se a tratar e regulamentar de vários aspectos de sua vida privada, tais como as suas relações sociais na convivência em condomínio, o aluguel, a compra e venda de imóveis, a usucapião e os financiamientos habitacionais. 

O Advogado Imobiliário precisa conhecer, compreender e refletir sobre os aspectos jurídicos do novo mercado imobiliário, abordando os principais contratos, variadas formas de estruturação de empreendimentos na área de incorporações, e todos os aspectos ligados a Advocacia Imobiliária, que ramifica para serviços Urbanísticos, Registral e Notarial, sempre qualificando-se para enfrentar os desafios de um setor cada vez mais competitivo.


Este setor é movido a relacionamentos e, sem eles, você não irá muito longe. Conhecer pessoas ligadas ao mercado imobiliário é de suma importância, interagir com elas geram oportunidades mútuas, pois lembra do ditado que eu disse anteriormente? "Quem não é visto, não é lembrado!" Por isso, o networking para o advogado imobiliário é essencial para quem quer se destacar na área.

Uma grande parte dos clientes de um advogado imobiliário são as construtoras e incorporadoras, que, nesse cenário ainda difícil, estão passando por uma crise, fazendo com que este profissional use da sua versatilidade para ganhar dinheiro. Para que você continue girando o escritório, tenha capital de giro, pratique atividades relacionadas a sua área, tais como: elaboração de pareceres, consultoria preventiva, atuação junto aos serviços registrais e de notas, renegociação de passivos relacionados aos setor e processo contencioso.


Diante disso, percebe-se que a Advocacia Imobiliária tem o seu papel importante de regulamentar as relações entre os indivíduos com as propriedades e os órgãos públicos. Ou seja, o profissional dessa área é o responsável pela documentação do imóvel como escritura do mesmo e o seu registro.

Por fim, vejo o advogado imobiliário, um profissional dinâmico, proativo, técnico, valoroso, querendo fechar negócios para os seus clientes com toda a segurança jurídica que lhe é peculiar, porém precisa ter um bom trato comercial para poder dirimir problemas, assessorar de maneira geral o seu cliente. Sem dúvida é um setor que rende muitos dividendos, pois é um setor gigantesco que é uma das "molas mestres" que impulsionam o desenvolvimento econômico de um país.


Gostou do conteúdo? Veja também nossos outros posts aqui neste novo blog, sempre estaremos postando artigos de assuntos que entrelaçam a Advocacia, Imóveis e Empreendedorismo. Obrigado pela sua atenção e até o próximo post!

Nenhum comentário:

Postar um comentário